Quais as principais cantoras brasileiras de todos os tempos?

Cursos Técnicos

Quais as principais cantoras brasileiras de todos os tempos?

Para conhecer a música brasileira em profundidade, é impossível ignorar os cantores e cantoras brasileiras.

O atraso de cerca de quinze anos para o surgimento dos primeiros nomes femininos da indústria fonográfica  justifica-se pelo preconceito e machismo.

Há, por exemplo, um famoso radialista brasileiro ainda vivo, que proibiu sua esposa de permanecer na carreira artística. Um tosco que dias atrás zombou da PANDEMIA. Dos piores tipos de ser-humano que tem por aí.

Primeiro Nome da Indústria Fonográfica

O primeiro nome feminino no mercado fonográfico brasileiro é o de Chiquinha Gonzaga, uma pianista e compositora devastadora e fundamental. Mas ela não é uma das cantoras do Brasil.

A primeira cantora de música brasileira foi Aracy Cortes. Que cantava ainda com voz lírica, veja só.

https://youtu.be/XtT0ZjCFEw0

Em seguida, Carmem Miranda, como a primeira referência internacional da música popular brasileira. Elisa Coelho e Aurora Miranda fazem parte dessa primeira geração, que abre asas para Aracy de Almeida, provavelmente a primeira intérprete brasileira a viajar por vários gêneros e estilos, e permanecer intocável por décadas.

Aracy de Almeida é tida como a principal intérprete brasileira  da era da rádio. E que infelizmente esteve nos programas de auditório de Silvio Santos, e ficou conhecida na década de 1980 de uma maneira depreciativa.

https://youtu.be/nsPLt-G4Jrk

Dircinha Batista, Odete Amaral, Cynara Ríos, Isaura García, Emilinha Borba e Ademilde Fonseca seguiram os passos de Aracy cantando particularmente gêneros e ritmos urbanos.

Uma das primeiras cantoras a trazer a música nordestina em foco foi a conhecida como rainha do baião: Carmélia Alves.

https://youtu.be/f8OMfDhx9nE

Dalva de Oliveira e Elizeth Cardoso, Maysa, Nara Leão e Sylvia Telles representaram o samba-canção, a bossa nova, o samba e o morro (favelas).

https://youtu.be/0MfGMIJqyYk

Embora Elizeth tenha feito a primeira gravação de bossa-nova, sua obra mais significativa é de estilo popular com gêneros e vertentes de samba.

O canto feminino da composição popular brasileira elevou a nossa múica a outro nível ao longo da história da música.

Geração dos FESTIVAIS

Para uma geração de festivais que inclui Elis Regina, Maria Bethânia, Gal Costa, Rita Lee, Alcione e depois Nana Caymmi. Elba Ramalho, Clara Nunes, Leila Pinheiro e Zizi Possi fecham o imortal panteão da música brasileira. Cada um com sua importância. Desfrutar!

https://youtu.be/nxTUla_ehJ8

https://youtu.be/drGewMyo00A

https://youtu.be/sb85PsJwgJw

Essa publicação tem a vontade de orientar sua audição. Muito há depois, mas com o que temos aqui se consolida um panorama importante da voz feminina brasileira.

E a música brasileira segue sendo feita. Como não pensar nos dias de hoje em Mônica Salmaso, Ceumar, Rosa Passos, Fabiana Cozza, e até mesmo uma Marília Mendonça – uma artista expressiva, na minha opinião.

Pós Graduação
Previous articleQuais são os principais grupos vocais brasileiros?
Next articleAs Características do Trompete
Eu sou o Professor João Marcondes! Apaixonado por música e educação musical. Sou compositor e instrumentista com muita coisa publicada. Sou coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical da Faculdade e Conservatório Souza Lima - cursos que ocorrem na unidade Paraíso. Também coordeno programas livres como Arranjo para pequenos agrupamentos, Arranjo para agrupamentos médios, Composição Instrumental. E coordeno as unidades Moema e Alphaville desde 2010. Também atuo na instituição em tarefas administrativas, e sou diretor da editora Souza Lima. Sou autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! Meus livros e métodos estão publicados no KINDLE - Amazon em parceria com a Editora Souza Lima. E também de maneira impressa. Sou educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Minhas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music. Sou diretor e fundador da gravadora BAC Discos! Que lançou diversos artistas atuantes hoje na música brasileira. Conheça em www.bacdiscos.com/ Segue meu instagram; https://www.instagram.com/joaomarcondesoficial/