Transcrever improviso ajuda a improvisar?

Cursos Técnicos

Transcrever improviso ajuda a improvisar?

Não, de jeito nenhum. Conheci pessoas que transcreverem inúmeros solos e que na hora da improvisação pouco conseguiam desenvolver. Evidentemente cabe ao educador orientar o estudante a extrair da transcrição elementos que contribuam de fato com sua formação.

Transcrever por transcrever é uma atividade inútil.

De que adianta o estudante se concentrar em tirar um improviso de dois minutos, e ao longo de sua experiência sequer ouvir o álbum na íntegra? Ou conhecer o improvisador a fundo, ou definir se o conteúdo da sua transcrição forma uma improvisação idiomática ou não idiomática.

E quais elementos então estão nessa improvisação idiomática?

Nunca me esqueci de uma show com palestra de um guitarrista norte-americano formado na Berklee. Todos os estudantes envoltos em práticas de transcrição, e cansados dessa prática, queriam perguntar a ele quantas transcrições ele havia feito.

A pergunta foi a segunda da noite, e o guitarrista afirmou que não havia transcrito mais que dois improvisos. E ele foi ovacionado em meio a gargalhadas.

Justamente quem defendia as transcrições como método, obrigando os alunos a uma exaustiva prática de transcrever, emudeceu, mas nunca abandonou a obrigatoriedade de método que parece muito mais de imposição hierárquica, do que prática educativa.

Fica assim! Vou ampliar essa publicação, mas por enquanto ficamos por aqui.

Eu criei um curso, especialização técnica em improvisação, procura no site Souza Lima.

Pós Graduação
Previous articleQual é o melhor curso de produção musical?
Next articleTranscrever música ajuda na alfabetização musical?
Eu sou o Professor João Marcondes! Apaixonado por música e educação musical. Sou compositor e instrumentista com muita coisa publicada. Sou coordenador pedagógico dos programas Composição Popular - Letra e Musica, do Preparatório para Vestibular de Música (extensivo, semi-intensivo e intensivo), do Curso Técnico em Processos Fonográficos - Produção Musical, e da Pós-Graduação em Educação Musical da Faculdade e Conservatório Souza Lima - cursos que ocorrem na unidade Paraíso. Também coordeno programas livres como Arranjo para pequenos agrupamentos, Arranjo para agrupamentos médios, Composição Instrumental. E coordeno as unidades Moema e Alphaville desde 2010. Também atuo na instituição em tarefas administrativas, e sou diretor da editora Souza Lima. Sou autor do BLOG Souza Lima e do BLOG Souza Lima - Magazine Luiza! Meus livros e métodos estão publicados no KINDLE - Amazon em parceria com a Editora Souza Lima. E também de maneira impressa. Sou educador Musical, compositor, arranjador e instrumentista. Mestre em Educação Arte e História da Cultura, especializado em docência em música brasileira, graduado e técnico em música. Minhas composições e obras fonográficas estão disponíveis para audição no Spotify, Deezer e iTunes Music. Sou diretor e fundador da gravadora BAC Discos! Que lançou diversos artistas atuantes hoje na música brasileira. Conheça em www.bacdiscos.com/ Segue meu instagram; https://www.instagram.com/joaomarcondesoficial/